segunda-feira, 18 de novembro, 2019

Em 21 e 22 de novembro, o Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro – instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, geridas pela ACAM Portinari – realizam uma oficina temática sobre a cultura negra para o público escolar do Vale do Paraíba.

Podem participar crianças de todas as idades, desde que trazidas pelos professores. Os grupos aprenderão sobre a origem da boneca Abayomi e poderão produzir com retalhos e nós o seu próprio brinquedo.

Feita de tecido e sem costura, apenas com nós ou tranças, a boneca simboliza um amuleto de proteção, pois eram produzidas pelas mulheres dentro dos novos tumbeiros – embarcações de pequeno porte que transportavam escravos entre África e Brasil – para acalentar e distrair seus filhos durante as viagens.

“Além disso, ela tem um significado poderoso para a construção da identidade afro-brasileira e é símbolo de resistência, tradição e poder feminino”, completa Marina Falsetti, gerente dos equipamentos culturais.

As atividades serão realizadas das 9h30 às 11h e das 14h30 às 16h. Escolas interessadas em inscrever seus grupos devem ligar para (12) 3662-6000. Mais informações pelo site:  www.museufelicialeirner.org.br.

Serviço:

Oficina Temática: Abayomi
Data: 21 e 22 de novembro de 2019
Horário: quinta e sexta-feira, das 9h30 às 11h e das 14h30 às 16h
Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro
Endereço: Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Alto da Boa Vista – Campos do Jordão/SP
Informações e inscrições: (12) 3662-6000 / www.museufelicialeirner.org.br
Entrada: necessário agendamento prévio
Classificação: livre

#SejaSolidário – O participante pode optar por contribuir com a doação de livros infanto-juvenis, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado”

Comentários:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *